31/05/2017

Renda média do porto-alegrense teve queda de 7% em 2016

Somando as rendas da população porto-alegrense, o rendimento médio da população ocupada da capital piorou 7,40% no ano passado, tendo a média de R$ 2.391 por mês, 191 reais a menos que no ano anterior (2015). Segundo os dados da PED-RMPA - Convênio FEE, FGTAS, PMPA, SEADE e DIEESE,  a média da renda geral não tem uma grande tendência em crescer e em diminuir, ela varia no decorrer dos anos, conforme pode ser observado na série histórica do ObservaPOA clicando aqui.
 
Entre as rendas mensais dos ocupados em Porto Alegre, a dos 25% mais pobres de Porto Alegre diminuiu 4,38% em 2016, contabilizando a renda média mensal de R$851. Em 2015 também houve uma piora neste dado, de 6,71%, após uma sequencia de 11 anos com resultados progressivos, como pode ser visto nos dados históricos do ObservaPOA clicando aqui. No último aumento registrado, em 2014,  a média da renda era de R$ 954 por mês, quase R$100 a mais de 2016. A renda dos mais ricos também diminuiu, piorou 8,05% no ano passado, totalizando uma média mensal de R$5.356.
 
Ainda nos indicadores de trabalho e renda do ObservaPOA, pode ser observado que não só a renda dos ocupados esteve pior no ano passado, mas a taxa de desemprego em Porto Alegre também. O índice de desemprego cresceu 17,58%, contabilizando o percentual de 9,1% da população desempregada. 


  

Contato

Rua Uruguai, 155 / 11º andar - Sala 20
Porto Alegre-RS/Brasil - CEP 90010-140
Fone: 55 51 3289-6664 e 55 51 3289-6684
e-mail: observapoa@observapoa.com.br

Newsletter




Desenvolvimento procempa
Prefeitura de Porto Alegre
Prêmio Cidades Sustentáveis