18/12/2017

Em 10 anos, morte de ciclistas diminuiu 64% em Porto Alegre

Em 2006, 11 ciclistas foram mortos na capital gaúcha decorrentes de acidente de trânsito, enquanto que em 2016, 10 anos depois, foram registradas 4 mortes. Os dados são da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) divulgados nos indicadores do ObservaPOA. 
 
Segundo o histórico de Mortes de Cicilistas do Porto Alegre em Análise, que contém dados de 2000 a 2016, desde 2005 o número caiu significativamente, porém ele intercala com o decorrer dos anos. Tendo, por exemplo, 5 mortes em 2012, 8 mortes contabilizadas em 2013 e 2014, e 3 em 2015. 
 
Na página do Porto Alegre em Análise, além da apresentação dos índices socioeconômicos da cidade, também é possível recalcular a melhora ou piora dos dados de acordo com o ano desejado. Assim como mostra a imagem abaixo com o cálculo utilizado para a presente matéria:
 

Ainda sobre mobilidade ciclística, em 2010 havia 3,35 quilômetros de ciclovias na cidade. Este número aumentou para 44,60 em 2016. Você pode acessar um mapa da Rede Cicloviária de Porto Alegre clicando aqui


  

Contato

Rua Uruguai, 155 / 11º andar - Sala 20
Porto Alegre-RS/Brasil - CEP 90010-140
Fone: 55 51 3289-6664 e 55 51 3289-6684
e-mail: observapoa@observapoa.com.br

Newsletter




Desenvolvimento procempa
Prefeitura de Porto Alegre
Prêmio Cidades Sustentáveis