20/03/2018

Diversidade em Pesquisa

A Rede Ibero-Americana prepara a primeira pesquisa comunitária online sobre HSH (Homens que fazem Sexo com Homens), tentando levantar informações sobre o mundo dos homens gays, bissexuais, e outros homens, incluindo homens trans, que fazem sexo com outros homens.

As questões são sobre comportamento sexual, acesso a serviços de saúde, satisfação sexual, discriminação, entre outros. A pesquisa é apoiada pelo UNAIDS (Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Aids) que é um programa das nações unidas, ele foi criado com o intuito de surgir com soluções para ajudar no combate a AIDS, seu objetivo é prevenir o avanço do HIV, prestar tratamento e assistência os infectados, e reduzir o impacto socioeconômico da epidemia.

A pesquisa é feita pela versão latino-americana do EMIS (European MSM internet Survey), a LAMIS (Latin America MSM Internet Survey). É feita nos países Europeus desde 2010, e chega agora por aqui, com a parceria da Associação Brasileira de Gays, Lésbicas, Bissexuais, Travestis e Transexuais (ABGLT), contando com o apoio do Departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/AIDS e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde, entre outras instituições que trabalham com a comunidade LGBT. A referida pesquisa está disponível até abril de 2018 e para participar é preciso ter 18 anos ou mais.

Na América Latina ainda há discriminação e ausência de dados em muitos países, tão fortes que influenciam a falta de políticas públicas e saúde para atender os homens HSH. O Observatório de Saúde atuando junto à Vigilância Sanitária de Porto Alegre mapeou dados sobre Doenças Infecciosas da Atenção Básica em Saúde  que podem ser verificados em Indicadores de Saúde, onde verificamos os casos doenças sexualmente transmissíveis e outras causas identificadas por área de atuação da Saúde em Porto Alegre, apresentando a distribuição local dos casos, como por exemplo, do HIV. 

A pesquisa contribuirá com dados sobre a necessidade dos programas de prevenção, para que assim possamos comparar e ter conhecimento sobre vários aspectos da saúde da população, além de ajudar a termos projetos políticos que ajudem positivamente a vida destas pessoas e suas necessidades.

Para responder a pesquisa clique aqui. 

  

Contato

Rua Uruguai, 155 / 11º andar - Sala 20
Porto Alegre-RS/Brasil - CEP 90010-140
Fone: 55 51 3289-6664 e 55 51 3289-6684
e-mail: observapoa@observapoa.com.br

Newsletter




Desenvolvimento procempa
Prefeitura de Porto Alegre
Prêmio Cidades Sustentáveis